Poemas Românticos

Feito poesia

Feito poesia

Amor… É um conceito divino, É dimensão sem medida, É viagem sem destino, É melodia da vida. Amor… É um caminho sem fim, É não ter que perdoar, É não querer e dizer sim, É dar tudo o que há para dar! Amor… É voz da razão que cala, É ter dor e não sentir,…

Continue Lendo

Amor proibido

Amor proibido

Amor proibido.
Amor preferido.
Amor escondido.
Seu segredo é castigo.
Mas amar é preciso.

Amar não é possuir

Amar não é possuir

Amar não é possuir, Possuir ou prender, Nem perder um ao outro. O amor é para juntar e separar, Para caminhar sozinhos e juntos, Para encontrar a liberdade de rir. É, finalmente, para ser capaz Para ser quem realmente somos Não é mais agarrado em dependência infantil Nem docilmente viver vidas separadas em silêncio, É…

Continue Lendo

Gosto e preciso de ti

Gosto e preciso de ti

Gosto e preciso de ti,
Mas quero logo explicar,
Não gosto porque preciso.
Preciso sim, por gostar.

Mário Lago

Lua adversa

Lua adversa

Tenho fases, como a lua Fases de andar escondida, fases de vir para a rua… Perdição da minha vida! Perdição da vida minha! Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha. Fases que vão e vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para meu uso. E roda a melancolia seu interminável…

Continue Lendo

Amor em pétalas de flor

Amor em pétalas de flor

O amor é o carinho
É o espinho que não se vê em cada flor
É a vida quando
Chega sangrando
Aberta em pétalas de amor.

Ainda descobrirei

Ainda descobrirei

Ainda descobrirei,
Os beijos que tanto sonhei.
O toque que nunca senti,
O amor que nunca vivi.

Amor tem fases

Amor tem fases

Amor tem fases
O amor é como a lua.
Tem suas fases:
Quando chega é crescente,
Depois vira lua cheia,
Com o tempo começa a
partir e vira minguante e
dá adeus!
Mas segue em busca de viver
novas fases.
Começará tudo de novo.

O amor é tangível

O amor é tangível

O amor é tangível
Está nos melindres do cotidiano e você não percebe.
Não deixe o amor escapar pelos galopes do tempo.
O amor está em tudo.

Não acabarão com o amor

Não acabarão com o amor

Não acabarão com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme
fiel
e verdadeiramente.

Amor, um mal

Amor, um mal

Mas, conquanto não pode haver desgosto
Onde esperança falta, lá me esconde
Amor um mal, que mata e não se vê.
Que dias há que n’alma me tem posto
Um não sei quê, que nasce não sei onde,
Vem não sei como, e dói não sei porquê.

Luís de Camões

Amor não tem pressa

Amor não tem pressa

O amor não tem pressa,
Não tem jeito,
Não tem hora,
Não tem motivo.
O amor simplesmente acontece
Simplesmente nasce,
Simplesmente flui,
Simplesmente, simplesmente
O amor.

Deixei meu amor

Deixei meu amor

Deixei meu amor
No portão da sua casa.
Recolha-o rápido.
Amor tem pressa,
amor tem prazo,
amor tem asa.

Me beije por favor

Me beije por favor

Teu beijo é mais lindo que o mar e o céu
Teu beijo é mais doce que o mel
Te abraço e o tempo parece voar
Teu beijo tem gosto de amor
Me beije por favor.

Eu diria que é raro

Eu diria que é raro

Eu diria que é raro
Raríssimo
Em tempos de alma seca
Encontrar alguém que goste
De caminhar na chuva com você.

Te amar me arde

Te amar me arde

Você me causa ardência no corpo.
Te amar
Me arde.

É ela! É ela!

É ela! É ela!

É ela! É ela! – murmurei tremendo, E o eco ao longe murmurou – é ela! Eu a vi… minha fada aérea e pura – A minha lavadeira na janela! Dessas águas-furtadas onde eu moro Eu a vejo estendendo no telhado Os vestidos de chita, as saias brancas; Eu a vejo e suspiro enamorado! Esta…

Continue Lendo

Livre pra te amar

Livre pra te amar

Sabe meu amor, já te fiz sofrer muito.
Mas hoje estou livre para te amar
Sei que não sou jovem, mas meu coração continua sendo
Entreguei meu coração pra você
Criei um sonho, onde você faz parte dele
Não deixe só o meu coração.
Você é a pessoa certa à qual escolhi passar os meus dias.
Não tenha medo, juntos somos fortes e vamos vencer
Preciso muito de você.
Eu te amo.

O fino achego

O fino achego

O fino aconchego dos seus lábios
Vagueia em meus ouvidos…
E numa ânsia descabida e sem
Reluta, eu reclino minhas lascívias
Desejos, na amplidão que veste
O seu corpo de menina mulher.