Mensagens de Luto

Encontre aqui as melhores Mensagens de Luto da internet. Selecionamos as melhores mensagens para você compartilhar nas redes sociais.

Mensagens Mensagens de Luto

Mensagem de falecimento

Mensagem de falecimento

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim ainda que morto viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá. (João 11:25-26)


O luto de perder alguém

Sabemos que a partida deste mundo é algo normal e que, de repente, as pessoas vão para um lugar melhor, ao menos é o que dizem, não sabemos se é verdade ou não, pois ninguém nunca voltou para nos contar como são as coisas. Tudo é apenas conjecturas…

O verdadeiro sentimento neste momento é a saudade, a dor da perda e também o arrependimento por ter falado demais ou, de menos. É um momento complicado para quem fica, pois, são os vivos que continuam com a consciência da existência, quanto os que partiram, deixaram tudo para trás… Mergulharam no amanhã inevitável e completamente maravilhoso.

Talvez, estejam nos olhando de onde estão, talvez não… Talvez esperem que nós mesmos encontremos as respostas para nossas perguntas e, de alguma forma, possamos compreender o que não se pode entender, pois nem tudo nesta vida é para compreendermos, por exemplo: a morte. A morte, por mais difícil que seja é apenas uma manutenção para nossa existência, ela é o topo de nossa cadeia alimentar, somos devorados a cada dia. Por isso, precisamos usar este momento como marco… Para mudanças, pois é exatamente o que está acontecendo, uma drástica mudança na vida de todos da família.

Perder alguém é sempre doloroso para aqueles que ficam, mas talvez para quem parte, não seja tão ruim… Se desprender do magnetismo que nos prende ao solo, as necessidades de materiais para sobreviver neste plano, enfim, a morte também pode ser um anjo libertador da pessoa e também da família, pois quem gosta de ver alguém próximo sofrendo lentamente sem esperanças de cura?

Acho que é o momento de pensarmos e entendermos que a morte é mais uma passagem, um ingresso para uma nova existência, por isso nosso corpo foi feito com prazo de validade, para não corrermos o risco de passar do tempo necessário para aprendermos o que precisamos aprender, sei que neste momento, as melhores palavras seriam… Meus pêsames, contudo, precisamos entender que determinadas situações não temos como lidar…

Ninguém parte na véspera, todos temos o momento certo para seguir mais adiante, sei que às vezes, a morte não parece justa, contudo, neste mundo que vivemos, de caminhos intrincados, tudo acaba seguindo para um único e determinado ponto, agora, com certeza não saberemos o por que, é o momento de chorar, de sentir saudade, de lembrar o que foi dito e o que não foi dito, contudo, não podemos esquecer de continuar, pois, como aqueles que partiram, um dia chegará a nossa vez de embarcar.
E também deixaremos muitas pessoas com saudade, pois como todos seres humanos, somos importantes uns para os outros, no entanto, às vezes, infelizmente esquecemos de dar o devido valor devido aos fatos que nos envolve, até o momento de partir, onde o regresso é apenas uma lacuna possibilidade, por fim… O luto de perder alguém é mais uma saudade, um momento de estar mais próximo, de falar o que se deve ou calar o que não deve dizer.

Mas, tais coisas, infelizmente acontecem para aprender, que não podemos deixar para amanhã o que podemos fazer deste momento em diante.


A perda de um ente querido

A perda de um ente querido é a prova mais dolorosa que o Espírito enfrenta em sua breve passagem pela Terra. Como entender um fato que parece fechar todas as portas à esperança? Conviver sem a presença física de quem tanto estimamos?

Controlar a saudade dos mínimos gestos? Saudade essa que ao contrário do que dizem, parece aumentar com o tempo.

Como suportar a voz que se calou trazendo um terrível silêncio? E o que fazer para conter as lágrimas diante das fotografias de um passado que não retorna?

Manter a confiança torna-se tarefa complicada quando o futuro nos parece tão incerto.
Tudo a nossa volta parece sem sentido e penoso, falta coragem para os mínimos atos. Emoções se misturam, num instante a revolta, a descrença, a vontade de gritar sem parar e em outro momento, reina a melancolia, o pranto, a vontade de desistir.

Desesperados queremos nos apoiar em algo, mas parece não haver remédio para nossa dor!
Como almejamos por notícias, por provas de que a vida prossegue, de que um dia o reencontro realmente ocorrerá, mas nossos apelos parecem em vão.

Por que tamanha dor que dilacera nossas almas e ceifou nossos sonhos? São as perguntas que continuamos a buscar.

E a cada manhã, travamos uma intensa luta para levantarmos e principalmente nos mantermos de pé.
O sofrimento é imenso, que fica complicado até para compartilhar, faltam palavras para expressá-lo.
Daríamos tudo por apenas um minuto na presença do ente querido, pela chance de encontrarmos o mesmo olhar, de acariciarmos a face e sentir novamente o seu calor.

De termos a certeza de que a vida continua, mas a nossa frente só escuridão… Onde está a piedade divina?

Aqui, sempre! Porque são nessas horas que devemos buscar a presença de Jesus em nossas vidas e novamente ouvir a sua voz amorosa a nos confortar: Vinde a Mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei.

Sim, será Jesus que segurará nossas mãos nesse momento tão complicado, que com sua infinita bondade, enxugará nossas lágrimas, permitindo que nossos olhos enxerguem outros horizontes. Com sua misericórdia, aliviará nosso íntimo, acalmando a tempestade de sensações conflitantes em que nos encontramos mergulhados. É Jesus que nos devolverá a alegria de viver, comprovando-nos que a morte não existe, é apenas uma passagem.

Que o Espírito prossegue em sua evolução e ainda encontra-se em sintonia com nosso amor, sentimento que rompe qualquer fronteira.

Assim, quando a saudade parecer chegar ao seu limite, sufocando-nos, transformemos nossas vibrações amorosas no carinho que gostaríamos de fazer.

Se a face não pode mais ser tocada, o Espírito sempre poderá.

Se palavras não podem ser pronunciadas, a linguagem do amor permanece em qualquer tempo e local.
As lembranças vividas jamais se apagam, todavia, não façamos dessas motivo de eterna tristeza. É a tristeza quando se prolonga que aumenta a distância, tornando-nos mais suscetíveis às influencias negativas que impedem o auxílio divino de nos amparar e fortalecer.

Tristes e cabisbaixos rompemos com a fé, físico e espírito se abatem e por mais que ouçamos falar da esperança, fica a sensação de que recomeçar é impossível.

Claro que lágrimas serão derramadas, jamais nos será pedido por Jesus que sufoquemos nossos sentimentos, porém, Ele nos estende suas mãos disposto a enxugar cada uma dessas lágrimas. A aliviar a tensão que carregamos no coração e tudo faz para que percebamos que a vida continua a se renovar, assim, permanece a nos convidar a vivê-la.

E é vivendo que amadurecemos, evoluímos espiritualmente e passamos a compreender tantas coisas e a descobrir novos valores.

É vivendo que vamos dia a dia encurtando a distância e nos preparando para o reencontro que um dia ocorrerá.

Assim, quando a melancolia bater a nossa porta e não tivermos forças para combatê-la novamente busquemos Jesus e Ele nos orientará.

Se for necessário nos carregará no colo, quantas vezes forem necessárias, nos envolverá com seu carinho e estará a velar nosso sonho.

Quantas noites mal dormidas… E quando buscamos abrir o coração e através de uma singela prece nos ligar ao alto, parece que nos acalmamos e nem que seja por minutos, a serenidade se apresenta ao nosso lado.

De fato, a oração sincera nos eleva acima das tempestades que desabam em nossa vida e elevados espiritualmente vamos ao encontro da espiritualidade maior que nos aguarda de braços abertos.

Companheiros espirituais que sempre nos protegem e aproveitam o repouso físico, para se aproximarem e conosco dialogar, cooperando para o restabelecimento de nossas forças. Incentivam-nos a prosseguir, mostrando que conosco caminharão.

Ao acordarmos, sentimos uma nova atmosfera nos envolver, não sabemos como explicar, mas a paz adentra nosso ser.

É a paz de Jesus que sempre nos é oferecida!

E como mantê-la? Trazendo Jesus para a nossa vida!

Jesus é o consolo, o porto seguro, não foi em vão que declarou ser o Caminho, a Verdade e a Vida. E não há forma melhor de Jesus estar vivo em nossa existência, do que compartilhar o seu amor. O amor cobre a multidão de pecados já nos disse o apóstolo. E podemos completar que o amor aquece, liberta, alegra, conforta, renova e alimenta a Vida. Amor, que se encontra nos gestos de fraternidade que realizamos.

Que cresce cada vez que somos capazes de sair do nosso sofrimento e enxergar a dor alheia.

Enxergar e também auxiliar.

Ah, quanto amor se derrama sobre nós num simples gesto… E os olhos físicos ainda não conseguem enxergar, mas quando praticamos a caridade, o amor, fica o sorriso estampado no local daquele que tanto estimamos.

Porque como já dito, o amor rompe toda e qualquer fronteira. E como diz a oração: amando somos amados, consolando somos consolados.

Toda vez que fizermos um gesto de amor em prol de um necessitado, estaremos beijando a face dos que nos antecederam nessa grande viagem.

O cultivo do amor será sempre o melhor tributo que podemos prestar aos que não mais se encontram fisicamente entre nós.
Compartilhemos o amor!

O amor nos erguerá das trevas, aproximando-nos de Jesus.
E com Jesus novamente ouviremos o exército de benfeitores espirituais a proclamar: Não existe perda, não existe morte, o que chamais de destruição, não passa de transformação.

E fortalecidos seguiremos nossa jornada, conscientes de que Jesus prossegue a nos guiar e a nos mostrar que a morte significa chegar ao fim e descobrir que o fim, em verdade, é apenas um novo recomeço.

E recomeço com Jesus!

A esperança sobrevive!


Mensagem de conforto e fé

Andar com fé é saber que cada dia é um recomeço. É saber que temos asas invisíveis e fazer pedido para as estrelas, voltando os olhos para o céu.

Andar com fé é olhar sem termos as portas desconhecidas com a mão estendida para dar e receber.

Andar com fé é usar a força e a coragem que habitam dentro de nós, quando tudo parece acabado.

Tudo, menos o amor, pois este sempre viverá.


Mensagem de conforto

Se a tristeza tomou conta de você no dia de hoje, silencie.
Se pessoas falaram de ti e se te julgaram, silencie.
Se a mágoa te faz chorar, silencie.
Saiba que Deus tudo vê, nada escapa de seus olhos.
Pois Ele conhece o coração dos maus e bons.
Nada foge de seus olhos.
Não queira revidar e nem discutir.
Eu sei que dói, ainda mais quando são pessoas próximas de ti.
Não julgue e que atire a primeira pedra quem nunca errou.
Às vezes também falamos dos outros e também julgamos.
Deus é misericordioso e nos perdoa.
Então é hora de liberar o perdão.
Logo o esquecimento chegará.
Não pense que escrevo somente para você.
Eu também preciso destas palavras para me confortar.
Todos nós estamos sujeitos a julgamentos, pois também julgamos.
Eu sei como dói, mas tudo tem o seu tempo.
O meu eu sei que é calar e perdoar.
O tempo se encarrega de colocar tudo no lugar.
Às vezes nem é preciso uma fofoca.
A gente sente no ar e no jeito que nos olham.
E como sempre digo nada está oculto que não seja revelado.
Na hora certa as coisas se esclarecem.
Também sinto vontade de chorar e me isolar.
Mas há um Deus que combate por nós.
Ele é justo e tudo sabe de nós.
Ele conhece nosso coração e somente Ele pode julgar.
No mais perdoo aqueles que me feriram.
Não é fácil, mas aprendi que primeiro vem à ação depois a reação.
Primeiro o querer e depois Deus nos dá a graça do esquecimento.
Tente, você vai se surpreender.
Um abraço fraterno e fique em paz.
Eu por aqui vou pedindo a Deus que abençoe aqueles que me magoaram.
Logo essa dor vai passar e vou sorrir novamente.


Pêsames

Em um momento como este, não há muitas palavras para serem ditas, talvez um abraço e a presença sejam o melhor que alguém possa exprimir, contudo, não posso ficar em silêncio, sinto a necessidade de ser mais do que um gesto, preciso assinar minha atitude com um abraço, um beijo e algumas palavras.

Infelizmente, todos nós temos o mesmo destino, e ninguém parte antes ou depois do momento correto, tudo acontece no tempo devido. Não compreendemos e por isso, muitas vezes nos revoltamos com a vida, contudo, o arquiteto de nossa existência sabe exatamente até onde podemos ir.

Não podemos questionar as razões, temos que apenas aceitar as coisas da melhor maneira possível, não adianta brigarmos, lutarmos, nada trará a pessoa de volta. Ela partiu para o descanso, cumpriu seus afazeres neste plano, agora tudo que ela precisa é continuar em outro lugar e, com certeza, não deixará de olhar para quem ficou para trás.

Nosso tempo continua, ficamos com a saudade e com o sentimento de não podermos fazer nada a respeito, a não ser, como disse, aceitar… Sei que a saudade é fresca e, que agora nada melhor que um abraço e “estou aqui”, mas, como disse, não quero ser apenas uma palavra de incentivo, quero ser muito mais do que isso.

Por isso, não se esqueça que estarei por perto, para lhe ajudar da melhor maneira possível, sei que o momento é delicado, mas sozinho ninguém chega a lugar algum, por isso, eis aqui minha mão, pode usar meus ouvidos, eu tentarei encontrar alguma palavra que possa acalmar seu coração.

Eu estou aqui! Não somente para tentar lhe consolar com alguma palavra, mas também caso precisa de algo mais, eu não tenho todas as respostas do mundo e não sei por que a vida tem que ser assim… Podemos achar que é injusta em alguns momentos, contudo, mal sabemos o que acontecerá amanhã, imagine a razão de infelicidades…

Tudo que precisamos fazer neste momento é continuar, tentar da melhor maneira aceitar o que não compreendemos, pois agora tudo parece uma incógnita, porém, no momento certo, entenderemos os porquês de algumas lágrimas… Agora a ferida está sangrando e por isso, tudo que posso dizer é:

Estou aqui meu caro amigo, eu sei que, às vezes, a vida parece difícil, mas você não estará sozinho para superar mais este obstáculo em sua existência… Apenas basta chamar pelo meu nome e eu estarei por perto.


Mensagem de perda

Nossos pais descobrem que um ser está para nascer e trazer as suas vidas um brilho de luz.
A cada sorriso, palavra, olhar ou suspiro, uma cachoeira de lágrimas parece inundar seus olhos de alegria e paz.
Nos tornamos adolescentes e a busca pela independência é cada vez mais clara. A nossa vontade de conquistar espaço nos distância de quem sempre nos amará, esquecemos a família. Esquecemos de dizer o quanto os amamos.
Mas um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus tira de nós o que mais amamos.
Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada “meus pêsames” parece pesar.
Nossos pensamentos divulgam para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca ter dito: “te amo”, “preciso de você”, “estou sempre aqui”, “me preocupo” e como se não bastasse vem à frase mais forte “a culpa foi minha”.
Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância.
E a resposta para essa dor? O tempo e uma certeza: quando amamos transmitimos em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais. quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido, quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós.
E a culpa? A culpa é da vida que tem início, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto perder alguém.
Mas o tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros.
Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhantes, nossa vida conquista anjos. E no fim apenas a saudade e uma certeza: não importa onde estejam, estarão sempre conosco.


Mensagem de pesâmes

Venho por meio dessa mensagem mostrar meu profundo sentimento pelo ocorrido. Infelizmente nem tudo acontece como imaginamos, mas Deus sabe o que faz.

Conte comigo para qualquer coisa!


Não existe partida

Não existe partida

Não existe partida para aqueles que permanecerão eternamente em nossos corações.


Mensagem de ânimo

Há horas em nossa vida que somos tomados por uma enorme sensação de inutilidade, de vazio. Questionamos o porquê de nossa existência e nada parece fazer sentido. Concentramos nossa atenção no lado mais cruel da vida, aquele que é implacável e a todos afeta indistintamente: as perdas do ser humano.

Ao nascer, perdemos o aconchego, a segurança e a proteção do útero. Estamos, a partir de então, por nossa conta. Sozinhos. Começamos a vida em perda e nela continuamos.

Paradoxalmente, no momento em que perdemos algo, outras possibilidades nos surgem. Ao perdermos o aconchego do útero, ganhamos os braços do mundo. Ele nos acolhe: nos encanta e nos assusta, nos eleva e nos destrói. E continuamos a perder e seguimos a ganhar.

Perdemos primeiro a inocência da infância. A confiança absoluta na mão que segura nossa mão, a coragem de andar na bicicleta sem rodinhas porque alguém ao nosso lado nos assegura que não nos deixará cair… E ao perdê-la, adquirimos a capacidade de questionar. Por quê? Perguntamos a todos e de tudo. Abrimos portas para um novo mundo e fechamos janelas, irremediavelmente deixadas para trás.

Estamos crescendo. Nascer, crescer, adolescer, amadurecer, envelhecer, morrer.

Vamos perdendo aos poucos alguns direitos e conquistando outros. Perdemos o direito de poder chorar bem alto, aos gritos mesmo, quando algo nos é tomado contra a vontade. Perdemos o direito de dizer absolutamente tudo que nos passa pela cabeça sem medo de causar melindres. Assim, se nossa tia às vezes nos parece gorda tememos dizer-lhe isso.

Receamos dar risadas escandalosamente da bermuda ridícula do vizinho ou puxar as pelanquinhas do braço da vó com a maior naturalidade do mundo e ainda falar bem alto sobre o assunto. Estamos crescidos e nos ensinam que não devemos ser tão sinceros. E aprendemos. E vamos adolescendo, ganhamos peso, ganhamos, seios, ganhamos pelos, ganhamos altura, ganhamos o mundo.

Neste ponto, vivemos em grande conflito. O mundo todo nos parece inadequado aos nossos sonhos. Ah! Os sonhos!!! Ganhamos muitos sonhos. Sonhamos dormindo, sonhamos acordados, sonhamos o tempo todo.

Aí, de repente, caímos na real! Estamos amadurecendo, todos nos admiram. Tornamo-nos equilibrados, contidos, ponderados. Perdemos a espontaneidade. Passamos a utilizar o raciocínio, a razão acima de tudo. Mas não é justamente essa a condição que nos coloca acima (?) dos outros animais? A racionalidade, a capacidade de organizar nossas ações de modo lógico e racionalmente planejado?

E continuamos amadurecendo, ganhamos um carro novo, um companheiro, ganhamos um diploma. E desgraçadamente perdemos o direito de gargalhar, de andar descalço, tomar banho de chuva, lamber os dedos e soltar pum sem querer.

Mas perdemos peso!!! Já não pulamos mais no pescoço de quem amamos e tascamos-lhe aquele beijo estalado, mas apertamos as mãos de todos, ganhamos novos amigos, ganhamos um bom salário, ganhamos reconhecimento, honrarias, títulos honorários e a chave da cidade. E assim, vamos ganhando tempo, enquanto envelhecemos.

De repente percebemos que ganhamos algumas rugas, algumas dores nas costas (ou nas pernas), ganhamos celulite, estrias, ganhamos peso e perdemos cabelos. Nos damos conta que perdemos também o brilho no olhar, esquecemos os nossos sonhos, deixamos de sorrir, perdemos a esperança. Estamos envelhecendo.

Não podemos deixar pra fazer algo quando estivermos morrendo. Afinal, quem nos garante que haverá mesmo um renascer, exceto aquele que se faz em vida, pelo perdão a si próprio, pelo compreender que as perdas fazem parte, mas que apesar delas, o sol continua brilhando e felizmente chove de vez em quando, que a primavera sempre chega após o inverno, que necessita do outono que o antecede.

Que a gente cresça e não envelheça simplesmente. Que tenhamos dores nas costas e alguém que as massageie. Que tenhamos rugas e boas lembranças. Que tenhamos juízo mas mantenhamos o bom humor e um pouco de ousadia. Que sejamos racionais, mas lutemos por nossos sonhos. E, principalmente, que não digamos apenas eu te amo, mas ajamos de modo que aqueles a quem amamos, sintam-se amados mais do que saibam-se amados.

Afinal, o que é o tempo? Não é nada em relação a nossa grande missão. E que missão! Fique em paz!


Mensagem de luto

Mensagem de luto

Eu, em nome da minha família, venho por meio desta mensagem expor todo nosso sentimento pela nossa perda recente. Quero que saiba que estamos aqui para ajudá-lo no que for necessário.

Que Deus ilumine e console a vida de vocês!


Lenços para lágrimas da saudade

As pessoas que amamos não morrem jamais, apenas viajam na nossa frente…

Apenas compram uma passagem para um lugar bem longe… Muito longe. Só que tinham apenas o dinheiro da passagem de ida e os que ficam como não tem dinheiro para ir junto, vão ter que ficar, trabalhar, até também juntar dinheiro e também comprar passagem e viajar…

Não importa o lugar onde está, vem um anjo e desliga o interruptor da vida e essa pessoa tão especial dorme.

Quantas vezes a gente se perde olhando um carro na estrada, e o carro vai se distanciando e a gente continua olhando, e mais, e mais, até chegar um ponto que o carro some.

Nossos olhos não vêem mais, porém isso não significa que o carro parou de andar… Lá ele continua andando em alguma estrada, em algum lugar, só que não mais ao alcance dos nossos olhos.

Pense nisso… Em algum lugar, de alguma forma, já que na casa do Pai tem muitas moradas, essa pessoa tão especial vai estar dormindo ou prosseguindo sua trajetória.

Um dia você terá respostas para todas as perguntas que faz e ninguém te responde.

E mais, essa dor que ora todos sentem não é uma dor eterna… Deus é tão sábio e misericordioso que ele criou o tempo e o tempo serve para muitas coisas, inclusive para ir amenizando e diminuindo a dor.

Não que essa pessoa será esquecida, porém a dor vai aliviando, aliviando até uma hora ela permanecer apenas nas suas lembranças, no seu pensamento, e aí essa pessoa querida, vai ter apenas um nome: saudade!

Isso vai servir de lenço para secar as lágrimas quando elas insistirem em rolar.

Nada muda o rumo das coisas, porém essa mensagem talvez alivie um pouco da dor que é tão sentida no momento da partida.

Que Deus conforte o seu coração e seque as suas lágrimas.


Amor de mãe – Luto

Neste local solitário
Na imensidão da noite
O vento forma um açoite
Dentro desse santuário
Mora um amor solidário
Nome santo imaculado
De todos o mais amado
E eu sempre em desatino
No jazido do destino
reside um amor sagrado


Hoje o Sol não brilhou

Hoje o Sol não brilhou…

Os pássaros não cantaram…

Os risos se calaram…

E as lágrimas rolaram em meu rosto…

Meu coração sofre em silêncio…

Hoje eu queria que essa verdade, fosse mentira, que fosse um pesadelo e que ao acordar encontraria o meu mundo normal.

Queria ter tido mais tempo para demonstrar os meus sentimentos por você.

Essa dor mais uma vez bate a minha porta, e o pior é que tenho a certeza de que não será a última vez.

Tenho que aprender a aceitar a morte como um fator natural do ciclo da vida, assim sofrerei menos.

Assim como o Sol um dia volta a brilhar…

Os pássaros cantar…

E as flores a florir…

As minha lágrimas aos poucos cessam, a minha dor aos poucos se esvai e a minha alma se conforta.

Agora restam apenas lembranças.

Lembranças de um tempo bom que não volta mais.

Não volta, os risos trocados, os abraços apertados, as histórias antigas, as visitas das férias, os passeios de família…

Agora tudo o que sinto é saudade.

Jamais esquecerei cada momento que vivemos juntos.

Obrigada por ter sido o maior e melhor avô.


Minha mãe, meu anjo

Minha vida está vazia.
Onde está meu anjo amigo…
Em que estrela haverá
o meu anjo se escondido?

Eu ando meio perdida.
Sem sentido está a minha vida…
Partiu, meu anjo querido…
Como é que eu irei viver?

As coisas andam estranhas…
As piadas não têm graça…
As tristezas são maiores…
A minha dor nunca passa!

Eu vivo me perguntando:
- Porque Deus nem perguntou
se eu viveria sem ela…
E para tão longe o levou?

Será que ELE não sabia
que ela era meu consolo?
Igual não terei nessa vida…
Ninguém se compara à minha mãe querida!

O tempo vai passando lento…
A saudade vai aumentando…
A dor me dilacerando por dentro…
A solidão me acompanhando.

E foi num momento de tristeza,
de profunda dor e nostalgia…
Que Deus mostrou para mim
O que eu não entendia…

Num sonho ele me mostrou…
Então pude entender
que o anjo que me acompanha
é a minha mãe querida,
que um dia jurei perder!

Deus não a levou pra longe…
Apenas asas lhe deu.
Ela agora é meu anjo,
a minha mãe não morreu!


Devemos continuar

À noite em meu quarto olho as estrelas e não encontro o brilho de outrora.

Tento dormir e não consigo.

Meus pensamentos voam tentando achar uma explicação e não consigo encontrar.

A angústia sufoca o meu coração.

Lágrimas rolam e não conseguem aliviar o peso da minha alma.

E eu continuo a te procurar em cada esquina da vida, mas em nenhuma delas você está…

Sim, em muitos momentos da vida, alguém especial tem que partir antes de nós.

E fica a pergunta: “Como continuar? ”

A dor é forte demais e a vontade de desistir persiste.

Porém, podemos e devemos continuar.

Se o sorriso de outrora não pode mais ser visto, procuremos encontrá-lo na alegria expressada no rosto de uma criança carente que acabamos de auxiliar.

Se as mãos não podem mais ser tocadas, levemos o calor de um abraço sincero a quem passa por grandes sofrimentos.

Se a música não pode mais ser dançada, espalhemos a melodia entre os enfermos de um hospital.

Se a voz não pode mais ser ouvida, procuremos semear palavras de esperança por onde andarmos.

Se as estrelas não têm o mesmo brilho de outrora, nos esforcemos em iluminar o caminho daqueles que se encontram entre as trevas.

Se não podemos mais oferecer flores, trabalhemos para florir todos os jardins do mundo.

Se a luz parece ter ido embora, procuremos suavizar a escuridão que reina em tantos lares necessitados.

Se o riso se foi, procuremos trazer alegria para quem está desanimado diante de tantos obstáculos.

Se o sol deixou de brilhar, transformemo-nos em um farol para iluminar o caminho de quem se encontra perdido.

Se a ausência parece machucar o nosso coração, procuremos levar esperança a quem deixou de acreditar.

Se os encontros perderam a sua graça, procuremos entender o milagre que podemos realizar quando estendemos a mão a quem está caído.

Se o físico se foi, o espírito ainda vive e sente.

Devemos acreditar que o reencontro está marcado.

Sim, devemos continuar.

Devemos sentir saudades sim, mas jamais tristeza.

Devemos preencher o vazio que sentimos com gestos de amor.

Porque só o amor é capaz de grandes transformações.

Só o amor rompe todas as barreiras.

Só o amor cala as nossas feridas.

E só o amor nos leva a crer que não importa as perdas que a vida nos impõe, devemos sempre continuar.


Nossos sentimentos

Tantos foram os sorrisos que vivemos, bem sei, também sinto saudades.

Peço-te: guarde-os no pensamento como eterna felicidade. Ah… Tantas são as nossas viagens livro de memórias grafadas… Nossos propósitos traçados, no decorrer de cada jornada.

Somos eternos participantes de predestinada, gincana onde as leis impostas de intuito, nos enleva, luz divina!

Que por cada um de nós, emana… Todos temos a hora do retorno, nada nos é doado como um fim nossos planos, nos aprimora a travessia, na inspiração de um jardim.

Não penses que deixei de existir ou que de ti, estou esquecido, creia, haverá o reencontro, razão por não haver me despedido.

As chegadas orações, nos são bálsamos de experimento, o amor é o lume das emoções, a enternecer em bênçãos, nossos sentimentos…


Ninguém morre

Não reclames da Terra
Os seres que partiram…

Olha a planta que volta
Na semente a morrer.

Chora, de vez que o pranto
Purifica a visão.

No entanto, continua
Agindo para o bem.

Lágrima sem revolta
É orvalho da esperança.

A morte é a própria vida
Numa nova edição.


A chama da saudade

Ante os mortos queridos,
Faze silêncio e ora.

Ninguém pode apagar
A chama da saudade.

Entretanto se choras,
Chora fazendo o bem.

A morte para a vida
É apenas mudança.

A semente no solo
Mostra a ressurreição.

Todos estamos vivos
Na presença de Deus.


Sentirei sua falta

Na memória de quem ama não há lugar para o esquecimento, só para a saudade daqueles que durante a vida nos trouxeram tanta alegria. Sentirei sua falta.