Frases de Caminhão

Alegria de poste é estar no mato sem cachorro.

A cal é virgem porque o pincel é brocha.

Quando homem valer dinheiro, baixinho serve de troco.

A mata é virgem porque o vento é fresco.

Mulher de amigo meu é que nem cebola: eu como chorando.

Estrada reta é igual a mulher sem cintura, só dá sono.

Mulher é igual circo, debaixo do pano é que está o espetáculo.

Do Amazonas ao Chuí, só paro para fazer xixi.

Malandro é o sapo que casa e leva a mulher pra morar no brejo.

Macho que é macho não chupa mel, masca abelha.

Chifre é igual dentada: demora mas acostuma.

Existem duas coisas que não gosto: mulher gelada e cerveja quente…

Dinheiro de pobre parece sabão. Quando pega, escorrega da mão.

Mulher é como música: só faz sucesso quando é nova.

Por falta de uma camisa nova, passei o ferro na velha.

Se eu tivesse estudado não estaria aqui.

A noite não é uma criança. A noite faz uma criança!

Não vou bem como quero nem mal como pensam.

Mulher é igual alça de caixão: quando um larga vem outro e põe a mão.

Não sou orquestra, mas vivo no conserto.

Você prefere duas mulheres ou uma mulher e 1/4?

Mulher feia e cheque sem fundo eu protesto.

Mulher é que nem lençol: da cama para o tanque, do tanque para a cama.

Mulher e fotografia só se revelam no escuro.

Casei-me com a cunhada para economizar sogra.

Farol alto na cara é como mulher gritando no ouvido.

Motorista é igual bezerro: só dorme apertado.

Não beba água, os peixes transam nela.

Mais virgindades já se perderam pela curiosidade do que pelo amor.

Televisão de pobre é buraco de fechadura.