Frases de Clarissa Corrêa

Um dia você entende

Um dia você entende que o tempo não é inimigo. E que ele é o nosso maior mestre. Que tudo vem na hora que deve vir. Que não adianta espernear nem se esconder da vida. Que a fuga não é a melhor saída. E que no fim das contas a gente sempre acaba agradecendo tudo que passou.

Clarissa Corrêa

Respeitar mais

Respeitar mais

As pessoas precisam se respeitar mais. Não precisa concordar ou aceitar, mas o respeito é fundamental.

Clarissa Corrêa

Final de ano

Daqui a pouco o ano termina. Com a ida dele, chega a expectativa. O desejo de fazer diferente, a vontade de modificar o que não está legal, a ânsia de crescer e abraçar todos os planos do mundo. Finais de ano servem de balanço, de balança. A gente vai e vem, o pensamento viaja, o coração faz retrospectiva, a memória guarda o que foi bom e tenta passar a perna na parte amarga.

Clarissa Corrêa

Precisamos da esperança

A gente carrega dentro do peito todos os sonhos do mundo. Isso é tão bonito, tão encantador, tão cheio de esperança. Acho que é isso: precisamos da esperança, precisamos acreditar naquela fagulha que fica lá dentro dando a entender que tudo vai clarear, clarear, clarear.

Clarissa Corrêa

Massinha de modelar

Ninguém é massinha de modelar. Não posso te amassar, te moldar, te arrumar da forma que quero. Você é como é, eu sou como sou e podemos nos aceitar assim ou não. A escolha é só nossa. O problema é que sempre achamos que podemos tudo, mas não podemos nada. As coisas são dessa forma, você aceita se quer. Uma pessoa só muda se quer, se tem vontade, se faz esforço. Eu não tenho poderes para mudar ninguém, mal consigo ajustar o que anda desajustado em mim. O dia que todo mundo entender isso vai ser mais fácil viver a dois, a três, a quatro, a mil.

Clarissa Corrêa

Não te apressa

Sossega, tudo chega no tempo certo. Não te apressa, a vida se encarrega de trazer tudo que falta. Não desanima, os ventos fortes só surgem para mostrar como nossa base é forte. Não entristece, nem sempre o que você deseja é realmente o melhor para você neste exato momento. Não esquece de sorrir, um sorriso transforma muitas situações.

Clarissa Corrêa

Se colocar no lugar do outro

Se colocar no lugar do outro

Hoje em dia, sobram dedos apontados e falta exatamente esse exercício: se colocar no lugar do outro. É de graça e nem dói.

Clarissa Corrêa

O que realmente sentem

Quantas vidas seriam mais felizes, quantas pessoas seriam poupadas, quantos corações estariam em paz, quantos sonhos seriam realizados, quantos projetos dariam certo, quantos planos seriam concretizados, quanta paz existiria se todas as pessoas falassem o que realmente sentem e fossem honestas consigo mesmas e com seus sentimentos.

Clarissa Corrêa

Só pra ver

Quando tudo parece se encaixar, vem um desconhecido e chuta o seu quebra-cabeças. E quando os passos parecem firmes, vem a vida e te empurra forte só pra ver se você mantém o equilíbrio.

Clarissa Corrêa

A grande graça da vida

O amor vem com a maturidade emocional. É preciso estar preparado para a chegada dele, por isso eu disse que é preciso se apaixonar muito para amar. O amor é bem diferente. Ele não causa transtornos psicológicos. A paixão é a escola para o amor. Mas com o amor vivemos estudando. E essa é a grande graça da vida: nunca deixarmos de aprender.

Clarissa Corrêa

Para me agradar

Para me agradar não é preciso um anel de diamantes, jantares caros, sapatos de grife, carro do ano, cobertura com vista para o mar ou viagens para o exterior uma vez por mês. Para me agradar não é necessário abrir a porta do carro, beijar a minha mão ou me enviar 200 rosas colombianas. Para me agradar não é necessário fazer declarações de amor em redes sociais, escrever poema romântico ou cantar uma música embaixo da minha janela. Para me agradar só é necessária uma coisa: me perceber.

Clarissa Corrêa

Sempre podemos fazer mais

A gente tem a mania de achar que é perfeito ou que faz o possível. Mas tenho uma notícia pra dar para você: sempre podemos fazer mais. Sempre podemos nos esforçar mais. Isso não quer dizer que você não seja bom, só que você pode dar mais um ou dois passos.

Clarissa Corrêa

Preciso acreditar

Já cheguei a cogitar inúmeras hipóteses, mas nunca chego a uma conclusão definitiva. Sei que nesta vida temos nossos carmas, cruzes, resgates e aprendizados. Tento fazer o que posso e aproveitar cada lição que me é ofertada, mas não sou perfeita e nem sempre tenho a fé necessária para acreditar. E eu sei (eu sei!) que preciso acreditar. Só que às vezes dói tanto, às vezes a aflição é tão grande e me domina de uma tal forma que não sei se vou suportar.

Clarissa Corrêa

Quem é feliz

Quem é feliz não conta, não espalha, não grita aos quatro cantos. Quem é feliz, satisfaze-se por ser. E sabe que felicidade anda coladinha na inveja. Quem é feliz não precisa provar nada, simplesmente é. As pessoas felizes demais nunca me passaram confiança. Essa coisa de que a vida é uma festa e não existe nada errado, não me brilha aos olhos. Feliz é quem conhece o lado ruim e o respeita. Feliz é quem já foi infeliz. Somente quem já foi infeliz pode entender que a tristeza traz um punhado muito bom de aprendizados. Felicidade não é sobre quem grita mais alto; é sobre quem sorri mais fundo.

Clarissa Corrêa

Não tem jeito

Não tem jeito

Existem coisas que sempre vão doer, apertar o sapato, incomodar, latejar no peito. Não tem jeito: por mais que a gente se livre de traumas e mágoas alguns sentimentos não legais sempre vão morar dentro do coração. Não por rancor ou coisa parecida, mas porque nem tudo dá pra ser esquecido e deletado da vida num passe de mágica. A gente sente, é de carne, osso e sentimento. Nada mais óbvio do que carregar na bagagem algumas tristezas. Não somos feitos só de coisas boas, temos lados obscuros e que não sabem perdoar.

Clarissa Corrêa

Coisas entaladas na garganta

Se doeu tem que falar. Se incomodou tem que explicar. Se tá ruim tem que ajeitar. Se estragou tem que consertar. Ou então joga fora. Entende? Não dá pra passar a vida inteira com as coisas entaladas na garganta, feito espinha de peixe que não desce e arranha toda vez que a gente engole.

Clarissa Corrêa

Reviravoltas

Muitas vezes as reviravoltas servem para nos sacudir, para nos fazer acordar. Para mostrar que a gente merece mais, muito mais. Não vale a pena se desgastar com ignorância, fofoca e falsidade. Não faz bem para a saúde conviver com mesquinharia. Ambientes carregados não fazem bem para a alma de ninguém.

Clarissa Corrêa

Um ciclo sem fim

A gente complica demais a vida com as pequenas preocupações. A preocupação gera ansiedade, a ansiedade gera sofrimento, o sofrimento gera sentimento ruim e negativo, o sentimento ruim e negativo gera dor, a dor gera lágrima, a lágrima gera melancolia, a melancolia gera tristeza, a tristeza gera solidão, a solidão gera ferida, a ferida gera cicatriz, a cicatriz gera mágoa, a mágoa gera um buraco escuro dentro da alma. É um ciclo sem fim e só quem pode cortá-lo é você mesmo.

Clarissa Corrêa

Que seja assim sempre

Que a cada amanhecer eu tenha a humildade de agradecer tudo que possuo. Um lar, uma família, um corpo saudável, uma mente imperfeita, um trabalho, um prato de comida.

Que a cada entardecer eu consiga vislumbrar alguma luz, um pouco de serenidade, maturidade e paciência.

Que a cada anoitecer eu tenha a sinceridade de reconhecer cada passo em falso, cada palavra mal colocada, cada desculpa entalada na garganta, cada pequena solidão sentida.

Que a cada dia eu me mantenha firme, não desvie do caminho escolhido, não esqueça meus propósitos, não desista dos meus sonhos.

Que a cada segundo eu consiga pensar, falar e sentir coisas boas. E que consiga ajudar quem passa pela minha vida.

Que assim seja. Sempre.

Clarissa Corrêa

Inteirinho seu

Inteirinho seu

Te amo. Te amo de um jeito que eu tento explicar e não sei. Palavra fica presa. Engasgo, afogo e uso palavras pela metade. Na hora H sempre falta uma vogal. Mas quer, de novo, saber? Meu coração nunca foi pela metade: sempre foi-inteirinho-seu.

Clarissa Corrêa

Você é o meu amor

Você é o meu amor

Eu sempre soube que você era o meu amor. De alguma estranha forma eu já sabia. Assim que te vi alguma coisa em mim mudou. Meu sorriso, meu jeito de mexer no cabelo, minha forma de olhar a vida. Quando a sua mão tocou meus dedos um sentimento tranquilo invadiu o meu peito. Esse mesmo sentimento dura até hoje e tenho certeza que vai viver aqui dentro para sempre.

Sabia que era você. Sabia que era no seu peito que a minha cabeça repousaria. Sabia que era nos seus braços que meu coração sossegaria. Sabia que era na sua boca que meus segredos seriam revelados. Sabia que era a sua mão que a minha buscava. Sabia que era o seu sonho que procurava o meu sonho. Sabia que com você eu entenderia e aprenderia essas coisas que hoje a gente sabe que levam o nome de amor.

Nunca quis alguém que me prendesse. E você, mais do que ninguém, me liberta todos os dias. Inclusive de mim mesma. Quando algo muito bom acontece é para você que quero dar as melhores notícias. Quando um fantasma me atormenta é em você que eu quero buscar abrigo. Você é meu parceiro, meu amor, meu bem mais precioso. Nada, nada mesmo, é mais importante do que esse sentimento tão bonito e verdadeiro. E que cresce e se solidifica a cada dia, a cada gesto, a cada palavra, a cada certeza. Obrigada por existir na minha vida. Obrigada por me ajudar a jogar os medos no lixo. Eu tinha um medo danado de amar. Hoje ele foi embora. Graças a você, meu amor.

Clarissa Corrêa

Sem você, sem nada

E eu achava que tinha esquecido tudo (tudo!). Seu beijo. Seu olhar. Seu rosto. Seu sorriso. Seu gosto. Sua mania de dizer que estou errada. Sua pinta atrás da orelha direita. Sua vontade de me fazer rir a cada vez que eu fingia que estava brava.

Sim, eu fingia. Sempre foi impossível ficar brava com você. Mas eu inventava fúrias e brigas bobas para dar mais emoção. Emoção ao quê?, hoje me pergunto. Nós já vivíamos tudo aquilo que pode ser mais emocionante em uma relação a dois. O que mais eu queria?, fico pensando. Não sei, queria e quero sempre tudo.

E por erros bobos ou por estar completamente distraída deixo a realidade bonita e pura escapar entre meus dedos como fumaça. E fico aqui. Sem seu beijo. Sem seu olhar. Sem seu rosto. Sem seu sorriso. Sem seu gosto. Sem sua mania de dizer que estou errada.

Sim, eu estava, estive, estou. Mas agora já é tarde. Me perdoa.

Clarissa Corrêa

Eu te desafio

Eu te desafio a reclamar menos do que não dá certo. E a sorrir a cada pequena conquista.

A, ao invés de olhar sempre para a própria vida, virar um pouco a cabeça e enxergar o outro.

A saborear cada passo e não te preocupar somente com a meta final.

A, por mais que as coisas fiquem nebulosas, não endurecer.

A entender que certos vazios fazem parte do processo.

A não esquecer das delicadezas que importam tanto.

A lembrar sempre que todo mundo tem uma força que só aparece na hora do aperto. E a se deixar enfraquecer às vezes.

A ter consciência que ninguém está aqui por acaso e que precisamos ter objetivos concretos na vida. E a aceitar que nem sempre descobrimos quais são esses objetivos cedo.

A nunca desistir de tentar e a não se esconder no primeiro não.

A entender que sonhos são fundamentais para a nossa sanidade mental. E a não esquecer de quem nos acolhe.

Clarissa Corrêa

Algumas coisas não precisam de palavras

Algumas coisas não precisam de palavras

Algumas coisas não precisam de palavras, outras dispensam explicações, muitas delas são intraduzíveis.

Clarissa Corrêa

O grande amor

O grande amor

O meu amor por você é grande demais para se perder por uma bobagem. Então, eu respiro fundo, deixo os pequenos contratempos de lado, os grandes temporais internos pra lá e sigo. Porque o futuro é logo ali. E é pra lá que nós vamos.

Clarissa Corrêa