Amor antigo

O amor antigo vive de si mesmo
Não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige nem pede. Nada espera,
Mas do destino vão negar a sentença.
O amor antigo tem raízes fundas,
Feitas de sofrimento e beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
E por estas suplanta a natureza.
Se em toda parte o tempo desmorona
Aquilo que foi grande e deslumbrante,
O antigo amor, porém, nunca fenece
E a cada dia surge mais amante.
Mais ardente, mas pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
E resplandece no seu canto obscuro,
Tanto mais velho quanto mais amor.

0
Mensagens relacionadas
O amor e a loucura
Em tempos atrás viviam duas crianças, um menino e uma menina, que tinham entre quatro e cinco anos de...
O fim do amor é ainda mais triste
Eu sei, eu sei, o eterno clichê “isso passa”. Passa sim e, quando passar, algo muito mais triste vai...
Para sempre contigo
Acredito que esta singela mensagem nem precisasse de ser escrita, pois tu sabes exatamente o que sinto por ti....
Somente meu
Querido, quero em poucas palavras te dizer que a cada dia que se passa te adoro demais, te amo...