Amor antigo

O amor antigo vive de si mesmo
Não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige nem pede. Nada espera,
Mas do destino vão negar a sentença.
O amor antigo tem raízes fundas,
Feitas de sofrimento e beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
E por estas suplanta a natureza.
Se em toda parte o tempo desmorona
Aquilo que foi grande e deslumbrante,
O antigo amor, porém, nunca fenece
E a cada dia surge mais amante.
Mais ardente, mas pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
E resplandece no seu canto obscuro,
Tanto mais velho quanto mais amor.

Mensagens relacionadas
Um sofrimento necessário
É estranho, mas cheguei à conclusão de que há uma pequena dose de dor em tudo o que envolve...
Me fiz
Me fiz águaPara saciar tua sede.Me fiz ventoPara refrescar teu corpo.Me fiz marPara te banhar.Me fiz tecidoPara te envolver.Me...
De tanto amor
Ah! Eu vim aqui amor só pra me despedir E as últimas palavras desse nosso amor, você vai ter...
Em que acreditar
Em que acreditar e sonhar… Por quantos lugares andei… Não sei… Por quantas vezes amei… Não sei… Por quantas...