Conheça uma bonita história de amizade entre uma garotinha e uma bulldog inglês

garotinha-e-bulldog-ingles-5
Depois de anos sofrendo de infertilidade, Rebecca Leimbach e seu marido foram abençoados com o nascimento de sua filha Harper. Com o nascimento da Harper, o casal tentou ter mais filhos. Mas mesmo com fertilização in vitro, todas as tentativas foram fracassadas.

Sentindo-se extremamente triste e culpada por não conseguir dar uma irmãzinha para a Harper, Rebecca acabou descobrindo que, o tempo todo, a irmãzinha de Harper já estava morando em sua casa. O seu nome era Lola, uma adorável bulldog inglês da família.

garotinha-e-bulldog-ingles-8

“Um dia Harper saiu da sala de jogos com a Lola vestida como uma princesa. Foi ai que eu descobri que ela já tinha uma irmãzinha. E era uma super irmã, daquelas que nem reclamam se o vestido que você escolheu para ela está um pouco curto”, disse Rebecca.

garotinha-e-bulldog-ingles-15

Segundo Rebecca, Harper ama Lola imensamente, exceto quando a Lola come os seus brinquedos, o que acontece com bastante frequência.

garotinha-e-bulldog-ingles-12

Lola é muito protetora da Harper e está sempre por perto. Onde quer que a Harper esteja, ela sempre próxima, cuidando e oferecendo carinho.

garotinha-e-bulldog-ingles-14

“Lola trata a Harper como ela teria tratado os seus filhotes, se não tivesse sido castrada”, diz Rebecca.

garotinha-e-bulldog-ingles-2

Esta foto abaixo é uma das favoritas de Rebecca. Ela conta que “as duas estavam sentadas à mesa de jantar para tomar o café da manhã e Lola, depois de ter comido a ração em seu prato, apoiou a cabeça na mesa e dormiu”.

garotinha-e-bulldog-ingles-10

Veja mais fotos da incrível amizade entre Harper e Lola:

garotinha-e-bulldog-ingles-1
garotinha-e-bulldog-ingles-3
garotinha-e-bulldog-ingles-4
garotinha-e-bulldog-ingles-6
garotinha-e-bulldog-ingles-7
garotinha-e-bulldog-ingles-9
garotinha-e-bulldog-ingles-11
garotinha-e-bulldog-ingles-13
garotinha-e-bulldog-ingles-16
garotinha-e-bulldog-ingles-17

Gostou? Acompanhe a Rebecca Leimbach no Facebook.

Comentários