Queridas mulheres

Apesar de tudo queridas mulheres, não tenham medo das suas lágrimas, tenham medo, sim de não chorá-las. Não tenham receio das suas falhas, e sim de não reconhecê-las. Saibam que ninguém é digno da mais sublime inteligência se não usar suas falhas e lágrimas para irrigá-la. Mulheres inteligentes não sepultam seus sonhos no excesso de carga de trabalho, nem nos solos da sua ansiedade. Sabem que, se não forem generosas consigo mesmas, aumentarão as chances de ser infelizes e adoecer.

Augusto Cury

Comentários