Sinto Frio

Sinto o frio gélido da noite
Nada me aquece, sinto frio
O vento que sopra é como açoite
Meu corpo treme em calafrios

Passas por mim e me ignoras
Com teu agasalho de algodão
Será que não percebes agora
Que eu só queria tua compaixão?

Caminhas a passos tão rápidos
Ao teu lado uma criança como eu
Nem vês nos meus olhos molhados
As lágrimas de um silencioso adeus

Sinto frio, vem logo me aquecer
Sou órfão de mãe e órfão da vida
Queria ao menos poder esquecer
Que é chegada à hora da partida

Sinto frio também em minha alma
Estou sozinho sem abrigo e carinho
Meu frágil corpo busca a calma
Como uma ave busca seu ninho

Sinto frio bem dentro do meu coração
Sou mais um dos excluídos da vida
Segura ao menos de leve a minha mão
Para que eu possa sorrir na despedida

Sinto frio, não desapareça agora não
Quero somente um pouco de atenção
Se não puder segurar a minha mão
Lance-me apenas um olhar de compaixão

Sinto frio, que pena já não estais aqui
Como muitos, tu desapareceste na rua
Sem perceber que naquele banco ali
Havia uma criança que poderia ser tua

Ao findar da noite tudo se encerra
A neblina me cobre com seu véu
Já não sinto mais o frio desta terra
Pois Jesus já me aquece aqui no céu

Mensagens relacionadas
Em todas as coisas há sentido, cabe a nós encontrá-lo
Assim como o ar que recebemos livremente e respiramos sem pensar que é algo vital para nós, muitas outras...
Apesar de todas as tempestades
Apesar de todas as tempestades, todos os tropeços, todas as lágrimas a gente sempre tem que acreditar que algo...
Somos todos um
Um amigo meu chamado Paulo ganhou um automóvel de presente de seu irmão no Natal. Na noite de Natal,...
Habilidade e sabedoria
Uma velha senhora foi para um safári na África e levou seu velho vira-lata com ela.Um dia, o velho...