O preço do amor

Uma tarde, um menino aproximou-se de sua mãe, que preparava o jantar, e entregou-lhe uma folha de papel com algo escrito. Depois que ela secou as mãos e tirou o avental, ela leu:

- Cortar a grama do jardim: R$3,00

- Por limpar meu quarto esta semana R$1,00 – Por ir ao supermercado em seu lugar R$2,00

- Por cuidar de meu irmãozinho enquanto você ia àscompras R$2,00

- Por tirar o lixo toda semana R$1,00

- Por ter um boletim com boas notas R$5,00

- Por limpar e varrer o quintal R$2,00

- TOTAL DA DIVIDA R$16,00

A mãe olhou o menino, que aguardava cheio de expectativa.

Finalmente, ela pegou um lápis e no verso da mesma nota escreveu:

- Por levar-te nove meses em meu ventre e dar-te a vida – NADA

- Por tantas noites sem dormir, curar-te e orar por ti – NADA

- Pelos problemas e pelos prantos que me causastes – NADA

- Pelo medo e pelas preocupações que me esperam -NADA

- Por comidas, roupas e brinquedos – NADA

- Por limpar-te o nariz – NADA

- CUSTO TOTAL DE MEU AMOR – NADA

Quando o menino terminou de ler o que sua mãe haviaescrito tinha os olhos cheios de lágrimas.

Olhou nos olhos da mãe e disse: “Eu te amo, mamãe!!!”

Logo após, pegou um lápis e escreveu com uma letraenorme:

“TOTALMENTE PAGO”.

Assim somos nós adultos, como crianças, querendor recompensa por boas ações que fazemos.

É difícil entender que a melhor recompensa é o AMOR que vem de Deus.

E para nossa sorte é GRATIS. Basta querermos recebê-lo em nossas vidas!

Que DEUS, abençôe todos vocês no dia de hoje (e sempre), e não devemos esquecer do AMOR universal que nos é cedido pelo PAI !

0
Mensagens relacionadas
O poder da mente
Não são os teus amigos ou inimigos que te levam a praticar o mal. É a tua própria mente.
Jardim de infância
Tudo que eu realmente preciso saber sobre a vida… Como ser…. Aprendi no jardim da infância. Não foi na...
Momentos da Vida
Ás vezes aparecem em nossas vidasMomentos difíceis. Momentos que tiram as nossas forças,junto de nossa coragem. Parecem ser momentos...
A porta mais larga do mundo
Conta-se que um dia um homem parou na frente do pequeno bar, tirou do bolso um metro, mediu a...