A revolta

O pensamento fixo em um problema gera uma ansiedade incontrolável, e se deixarmos, nasce uma revolta, um sentimento muito negativo, que vai minando a nossa paz.

Nessas horas, é fundamental desligar-se, sair de dentro do “olho do problema”, caminhar um pouco, conversar com alguém, fazer uma oração, ler uma poesia…

Sair do problema é dar oportunidade para você, é permitir-se uma nova visão da sua vida.

Ficar perguntando porque, procurar culpados, sentir-se menor, ficar achando que será sempre assim, deixar a revolta se manifestar, só vai fazer com que você fique cego.

Aumenta o tamanho do problema, transforma-o em um gigante…

O momento pede uma reflexão, um instante do seu tempo, acreditar no seu potencial, crescer em meio às dificuldades, saber que existe dentro de você, um ser especial, dotado de forças, capaz de transformar pedras em bancos, para que as pessoas possam sentar, e aplaudir o artista que existe em você.

Não desista de ser feliz, não deixe que roubem a sua paz, maior que tudo é Deus, e Ele está ao seu lado, sempre!

Bom dia!

Comentários