Mensagens de Reflexão

Mensagens Mensagens de Reflexão

A gente passa a entender melhor a vida quando paramos e refletimos sobre ela. Inspire-se, pense e reflita com bonitas mensagens de reflexão.

Antes de dormir

Essa noite antes de dormir… Tirei um tempo pra pensar em tudo o que me vêm acontecendo e, acabei descobrindo, que essa história de que todos nós temos um destino já traçado desde que nascemos, não passa de uma mentira. A vida é feita por nada mais e nada menos, que escolhas.

Somos nós que escolhemos ir ou não para o colégio, começar ou não a trabalhar, correr ou não atrás de nossos sonhos, vencer ou não os nossos medos. A questão é: é você quem escolhe que rumo dar à sua vida. Se este será bom ou ruim, não importa, é dependente de você, apenas de você.

Eu acho que aceitar críticas, sugestões ou opiniões é uma coisa, viver de acordo com o que elas te sugerem é outra e completamente diferente. Por isso eu sempre digo: faça aquilo que você julga como certo, escolha o que você pensa ser bom para você. O que os outros vão pensar e a forma que vão encarar isso, já passa a ser problema deles e você não deve se preocupar com isso…

Seja você mesmo.


Velho sábio

Conta a lenda que um velho sábio, tido como mestre da paciência, era capaz de derrotar qualquer adversário.
Certa tarde, um homem conhecido por sua total falta de escrúpulos apareceu com a intenção de desafiar o mestre da paciência.
O velho aceitou o desafio e o homem começou a insultá-lo.
Chegou a jogar algumas pedras em sua direção, cuspiu em sua direção e gritou todos os tipos de insultos.

Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu impassível.
No final da tarde, sentindo-se já exausto e humilhado, o homem se deu
por vencido e retirou-se. Impressionados, os alunos perguntaram ao mestre como ele pudera suportar tanta indignidade.
O mestre perguntou:

Se alguém chega até você com um presente, e você não o aceita,
a quem pertence o presente?
A quem tentou entregá-lo, respondeu um dos discípulos.
O mesmo vale para a inveja, a raiva e os insultos.
Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem
os carregava consigo.

A sua paz interior depende exclusivamente de você.
As pessoas não podem lhe tirar a calma.
Só se você permitir…


Coisas boas

Coisas boas

Se a gente espalhar coisas boas por onde passar, a vida se encarrega de trazer outras melhores ainda.


Palavras e atitudes

São as palavras e atitudes que
mostram o caráter do ser humano.

Nossas atitudes escrevem nosso
destino. Nós somos responsáveis
pela vida que temos.

Culpar os outros pelo que nos
acontece é cultivar a ilusão.

A aprendizagem é nossa e ninguém
poderá fazê-la por nós, assim como
nós não poderemos fazer pelos outros.

Quanto mais depressa aprendemos
isso, menos sofreremos.

Cada pensamento nosso, no qual
colocamos crédito, provoca uma
atitude.

Nossas atitudes são frutos de nossas
crenças. Agimos de acordo com elas.

Cada atitude nossa movimenta as
energias ao nosso redor e promove
uma reação.

É como quando estamos dentro de
uma piscina… Qualquer gota movimenta
a água universal, como quando estamos
dentro da água, cercados de energia.

São nossas atitudes que lhes dão padrão
e as projetam para o futuro, provocando
reações dentro do sistema que reage e
responde, devolvendo o resultado.

Toda atitude nossa tem, portanto uma
resposta da vida.

Mas como ela age sempre pelo melhor,
essa situação não é definitiva.

Quando modificamos nossas atitudes
elas apagam e substituem àquelas
energias negativas que emitimos
anteriormente, por novas e melhores
agora.

Se não consegues em tua vida seja
boas as tuas atitudes… Cuida que
sejam boas as tuas palavras.

Nossas palavras são filamentos
sonoros revestidos de nossos
sentimentos, e nossas atitudes são
o resultado de expressões assimiladas
e determinadas pelo nosso comportamento
mental.

Que brilhe a paz em nossos corações.
Que saibamos utilizar as palavras e
rever nossas atitudes!


Nunca julgue

Um médico entrou no hospital com pressa depois de ser chamado… é uma cirurgia de urgência. Ele respondeu à chamada o mais rápido possível, trocou de roupa e foi direto para centro cirúrgico.

Ele encontrou o pai do menino indo e vindo na sala de espera do médico. Depois de vê-lo, o pai gritou:

“Por que você levou todo esse tempo para vir? Você não sabe que a vida do meu filho está em perigo? Você não tem senso de responsabilidade?”.

O médico sorriu e disse:

“Lamento, eu não estava no hospital e eu vim o mais rápido que pude depois de receber a ligação… E agora, eu gostaria que você se acalmasse para que eu possa fazer meu trabalho”.

“Acalmasse? Se fosse seu filho que estivesse nesta sala agora, iria se acalmar? Se o seu próprio filho morresse agora o que você iria fazer?”, Disse o pai com raiva.

O médico sorriu novamente e respondeu: “Eu vou dizer o que disse Jó na Bíblia Sagrada: Do pó viemos e ao pó voltaremos. Bendito seja o nome de Deus. Os médicos não podem prolongar a vida. Vá e interceda por seu filho, vamos fazer o nosso melhor pela graça de Deus”.

“Dar conselhos é fácil”, murmurou o pai.

A cirurgia levou algumas horas e depois que o médico saiu feliz, “Graças a Deus! Seu filho está salvo!”

E sem esperar a resposta do pai o medico saiu correndo. “Se você tem alguma dúvida, pergunte a enfermeira! Disse o medico.”

“Por que ele é tão arrogante? Ele não podia esperar alguns minutos para que eu pudesse perguntar sobre o estado do meu filho”, comentou o pai ao ver os enfermeiros minutos depois que o médico saiu.

A enfermeira respondeu, com lágrimas descendo seu rosto: “Seu filho morreu ontem num acidente de viação, ele estava no enterro, quando o hospital o chamou para a cirurgia de seu filho. E agora que ele salvou a vida de seu filho, ele saiu correndo para terminar o enterro de seu filho.”.

Nunca julgue ninguém, porque você nunca sabe como sua vida é e ao que está acontecendo ou o que eles estão passando.


Vencendo o desânimo

O grande carro de luxo parou diante do pequeno escritório à entrada do cemitério e o chofer, uniformizado, dirigiu-se ao vigia.
– Você pode acompanhar-me, por favor? É que minha patroa está doente e não pode andar, explicou. Quer ter a bondade de vir falar com ela?

Uma senhora de idade, cujos olhos fundos não podiam ocultar o profundo sofrimento, esperava no carro.
– Sou a Sra. Adams, disse-lhe. – nestes últimos dois anos mandei-lhe cinco dólares por semana…

– Para as flores, lembrou o vigia.
– Justamente. Para que fossem colocadas na sepultura de meu filho.

– Vim aqui hoje, disse um tanto consternada, porque os médicos me avisaram que tenho pouco tempo de vida. Então quis vir até aqui para uma última visita e para lhe agradecer.

O funcionário teve um momento de hesitação, mas depois falou com delicadeza:
– Sabe, minha senhora, eu sempre lamentei que continuasse mandando o dinheiro para as flores…

– Como assim? Perguntou a dama.

– É que… A senhora sabe… As flores duram tão pouco tempo…
– E afinal, aqui, ninguém vê…

– O senhor sabe o que está dizendo? Retrucou à senhora Adams.

– Sei, sim senhora. Pertenço a uma associação de serviço social, cujos membros visitam os hospitais e os asilos.

– Lá, sim, é que as flores fazem muita falta…

– Os internados podem vê-las e apreciar seu perfume.

A senhora deixou-se ficar em silêncio por alguns segundos. Depois, sem dizer uma palavra, fez um sinal ao chofer para que partissem.

Meses depois, o vigia foi surpreendido por outra visita. Duplamente surpreendido porque, desta vez, era a própria senhora que vinha guiando o carro.

– Agora eu mesma levo as flores aos doentes, explicou-lhe, com um sorriso amável.

– O senhor tem razão. Os enfermos ficam radiantes e fazem com que eu me sinta feliz.

– Os médicos não sabem a razão da minha cura, mas eu sei.

– É que reencontrei motivos para viver. Não esqueci meu filho, pelo contrário, dou as flores em seu nome e isso me dá forças.

A Sra. Adams descobrira o que quase todos não ignoramos, mas muitas vezes esquecemos. Auxiliando os outros, conseguira auxiliar-se a si própria.


Reflexões

O dia mais belo? Hoje.
A coisa mais fácil? Equivoca-se.
O obstáculo maior? O medo.
O erro maior ainda? Abandonar-se.
A raiz de todos os males? O egoísmo.
A distração mais bela? O trabalho.
A pior derrota? O desalento.
Os melhores professores? As crianças.
A primeira necessidade? Comunicar-se.
O que mais faz feliz? Ser útil aos demais.
O mistério maior? A morte.
O pior defeito? O mau humor.
A coisa mais perigosa? A mentira.
O sentimento pior? O rancor.
O presente mais belo? O perdão.
O mais imprescindível? O lar.
A estrada mais rápida? O caminho correto.
A sensação mais grata? A paz interior.
O resguardo mais eficaz? O sorriso.
O melhor remédio? O otimismo.
A maior satisfação? O dever cumprido.
A força mais potente do mundo? A fé.
As pessoas mais necessárias? Os pais.
A coisa mais bela de todas? O amor.

Madre Teresa de Calcutá


A paz interior

Aconteça o que acontecer na sua vida, não perca a sua paz interior, ela é a força que você precisa para manter-se em equilíbrio mesmo durante as piores tempestades.

Nessa época de pessoas atormentadas por pesadelos, por frustrações e sonhos desfeitos, manter a paz é fundamental para não cair nas armadilhas da depressão.

A carga de informação que você recebe durante o seu dia, a pressão do trabalho, dos estudos e dos relacionamentos, acaba deixando seus nervos em pedacinhos.

Se você não estiver com o pensamento voltado para o seu bem estar, você não consegue manter o equilíbrio e ai, o seu fígado começa a sofrer as primeiras consequências, daí para as doenças do estômago como a gastrite, a úlcera e outros nomes não muito recomendáveis, é um passo.

É preciso que você coloque filtros em sua vida, e ao receber as notícias, sejam elas quais forem, analisar e rapidamente descartar o que não for realmente importante para sua caminhada.

Manter-se em paz é um exercício diário, porque muitos obstáculos estarão presentes no seu dia a dia, a começar pelo seu lar, onde sob o mesmo teto reúnem-se pessoas que não compartilham as mesmas ideias que você.

No trabalho outros problemas nos aguardam. Manter o emprego esta cada vez mais difícil, devido a enorme competição imposta pelas empresas entre os funcionários, tornando o clima às vezes “infernal e insuportável”.

Para complicar tem o seu relacionamento que anda às vezes tão complicado por coisas tão bobas, que você fica pensando, será que vale a pena?

E quando você está a sós, fica imaginando que não nasceu para amar e ser amado, que os anjos te esqueceram e outras besteiras que a solidão causa.

Tudo isso e mais aqueles amigos que acreditam que você é poderoso e usam seu ombro como se fosse um grande muro das lamentações e deixam você mais carregado de energias nada boas.

Cuide-se enquanto é tempo. Para que sua paz continue, use estas regrinhas básicas:

– Use o bom senso ao ler as notícias.

– Pare de ir no embalo dos alarmistas de plantão.

– Ao entrar no local de trabalho, faça uma prece em silêncio e cumprimente a todos com alegria.

– Respeite-se, se não estiver com vontade de falar com ninguém, retire-se e pare de fingir que está tudo bem.

– Peça ajuda. Para ajudar alguém precisamos estar muito bem. Se você não estiver bem, esqueça, você vai prejudicar a você e a quem pediu ajuda. A paz é uma conquista daqueles que se amam.

– Ame-se pelo amor de você mesmo! Ninguém tem o direito de invadir a sua paz e se o estão fazendo é porque você está permitindo.

– Reveja seus atos. Para manter a sua paz vale tudo: banhos relaxantes, orações, terapias, e muito amor. A paz é um exercício diário.

– Sorria mais, relaxe, busque um cantinho dentro de você para ser feliz. Você é responsável pelo seu bem estar. Estando feliz, o outro seguirá o seu exemplo.

– Acredite em você.

– Valorize-se. Você merece muito mais do que tem hoje, e vai conquistar se mantiver seu pensamento voltado para suas conquistas, sonhos e desejos.

Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e outro amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer, e principalmente viver.


A árvore e as quatro estações

Um homem morava no deserto e tinha quatro filhos. Querendo que seus filhos aprendessem a valiosa lição da não precipitação nos julgamentos, os enviou para uma terra um onde tinha muitas árvores. Mas ele os enviou em diferentes épocas do ano. O primeiro filho foi no inverno, o segundo na primavera, o terceiro no verão e o mais novo foi no outono.
Quando o último deles voltou, o pai os reuniu e pediu que relatassem o que tinham visto. O primeiro filho disse que as árvores eram feias, meio curvadas, sem nenhum atrativo. O segundo filho discordou e disse que na verdade as árvores eram muito verdes e cheias de brotinhos, parecendo ter um bom futuro. O terceiro filho disse que eles estavam errados, porque elas estavam repletas de flores, com um aroma incrível e uma aparência maravilhosa! Já o mais novo discordou de todos e disse que as árvores estavam tão cheias de frutos que até se curvava com o peso, passando a imagem de algo cheio de vida e substância.
Aquele pai então explicou aos seus filhos adolescentes que todos eles estavam certos. Na verdade eles viram as mesmas árvores em diferentes estações daquele mesmo ano. Ele disse que não se pode julgar uma árvore ou pessoas por apenas uma estação ou uma fase de sua vida. Ele explicou que a essência do que elas são, a alegria, o prazer, o amor, mas também as fases aparentemente ruins que vem daquela vida, só podem ser medidas no final da jornada quando todas as estações forem concluídas.
Se você desistir quando chegar o “inverno”, você vai perder as promessas da primavera, a beleza do verão e a plenitude do outono. Não permita que dor de apenas uma “estação” destrua a alegria de todas as outras. Não julgue a vida por apenas uma fase. Persevere através dos caminhos dificultosos e épocas melhores virão com certeza!


O aborto

A gravidez veio na hora indesejada, lembrava-se Laura. Veio na
hora errada e ainda trazia riscos de várias ordens. A saúde
debilitada, problemas familiares, o desemprego…

Seu primeiro impulso foi o aborto. Tomou uns chás que, em vez de
“resolver”, a debilitaram ainda mais.

Recuperada, buscou uma dessas pessoas que arrancam, ainda no
ventre, o chamado problema das mães que não desejam levar adiante
a gestação.

Naquele dia, a parteira havia adoecido e faltara.

Laura voltou para casa preocupada, mil situações lhe passavam
pela mente.

À noite, deitou-se e custou a adormecer, mas foi vencida pelo
sono. No sonho viu um belo jovem pedindo-lhe algo que, na manhã
seguinte não soube definir.

Durante todo o dia não conseguiu tirar aquela imagem da mente, de
sorte que esqueceu a gravidez.

Na noite seguinte voltou a sonhar com o mesmo jovem, só que
acordou com a agradável sensação de tão doce quanto agradável
“OBRIGADO”.

Era como se ainda visse seus lábios pronunciando palavras de
agradecimento, enquanto de seu coração irradiava uma paz
indefinível.

Desistiu do aborto. Enfrentou tudo, superou todos os riscos e
saiu vitoriosa…

Hoje, passados 23 anos do episódio, ouve consternada seu belo e
jovem filho pronunciar, do púlpito da solenidade de sua
formatura, ante uma extasiada multidão:

— E agradeço sobretudo à minha mãe, que me alimentou o corpo e o
espírito, dando-me não só comida, mas carinho, companhia, amor e,
principalmente, vida.

E, olhando-a nos olhos, o filho pronunciou, num tom
inconfundível:

— Obrigado!

Ela não teve dúvidas. Foi o mesmo obrigado, doce e agradável de
um sonho, há 23 anos…

A mulher que nega o ventre ao filho que Deus lhe confia, nega-se
a si mesma a oportunidade de ouvir a cantiga alegre da criança
indefesa a rogar-lhe carinho e proteção.

Perde a oportunidade de dar à luz um espírito sedento de
evolução, rogando-lhe uma chance de reencarnar, para juntos
superarem dificuldades e estreitarem laços de amizade e afeto.

Se você mulher, está passando pela mesma situação de Laura,
mire-se no seu exemplo e permita-se ser mãe.

Permita-se sentir, daqui há alguns meses, o agradecimento no
olhar do pequenino que lhe roga o calor do colo e uma chance de
viver.

Conceda-se a alegria, de daqui há alguns anos ornamentar o
pescoço com a joia mais valiosa da face da terra: os bracinhos
frágeis da criança, num abraço carinhoso a lhe dizer: obrigado
mamãe, por ter me permitido nascer e crescer, e fazer parte desse
mundo negado a tantos filhos de Deus.

Pense nisso!


3 verdades da vida

3 verdades da vida

1 – Não se preocupe com as pessoas do seu passado: há uma razão pela qual elas não estão em seu presente e outra pela qual não chegarão ao seu futuro…

2 – Uma pessoa muda por duas razões: porque aprendeu demais, ou porque sofreu o suficiente…

3 – Não dependa de ninguém na sua vida, só de Deus, pois até mesmo sua sombra o abandonará quando você estiver na escuridão.


A vida é um constante recomeço

A vida é um constante recomeço

A vida é um constante recomeço. Não se dê por derrotado e siga adiante. As pedras que hoje atrapalham sua caminhada amanhã enfeitarão a sua estrada.


Esvaziando os armários de nossa vida

Todos os anos, há um momento em que olhamos nossos armários com um olhar crítico.
Olhamos aquelas roupas que não usamos há tanto tempo.
Aquelas que tiramos do cabide de vez em quando, vestimos, olhamos no espelho, confirmamos mais uma vez que não gostamos e guardamos de volta no armário.
Aquele sapato que machuca os pés, mas insistimos em mantê-lo guardado.
Há ainda aquele terno caro, mas que o paletó não cai bem, ou o vestido “espetacular” ganho de presente de alguém que amamos, mas que não combina conosco e nunca usamos.
Às vezes tiramos alguma coisa e damos para alguém, mas a maior parte fica lá, guardada sabe-se lá porquê.
Um dia alguém me disse: tudo o que não lhe serve mais e você mantém guardado, só lhe traz energias negativas. Livre-se de tudo o que não usa e verá como lhe fará bem.
Acontece que nosso guarda-roupa não é o único lugar da vida onde guardamos coisas que não nos servem mais.
Você tem um guarda-roupa desses no interior da ment
De uma olhada séria no que anda guardando lá. Experimente esvaziar e fazer uma limpeza naquilo que não lhe serve mais. Jogue fora idéias, crenças, maneiras de viver ou experiências que não lhe acrescentam nada e lhe roubam energia.
Faça uma limpeza nas amizades, aqueles amigos cujos interesses não têm mais nada a ver com os seus.
Aproveite e tire de seu “armário” aquelas pessoas negativas, tóxicas, sem entusiasmo, que tentam lhe arrastar para o fundo dos seus próprios poços de tristezas, ressentimentos, mágoas e sofrimento.
A insegurança dessas pessoas faz com que busquem outras para lhes fazer companhia, e lá vai você junto com elas.
Junte-se a pessoas entusiasmadas que o apóiem em seus sonhos e projetos pessoais e profissionais.
Não espere um momento certo, ou mesmo o final do ano, para fazer essa “faxina interior”.
Comece agora e experimente aquele sentimento gostoso de liberdade.
Liberdade de não ter de guardar o que não lhe serve.
Liberdade de experimentar o desapego.
Liberdade de saber que mudou, mudou para melhor,
E que só usa as coisas que verdadeiramente lhe servem e fazem bem.


10 mandamentos da qualidade de vida

10 mandamentos da qualidade de vida
  1. Ame a sua família
  2. Seja educado
  3. Respeite a sua saúde
  4. Pense positivo
  5. Seja organizado
  6. Seja prevenido
  7. Seja atencioso
  8. Tenha paciência
  9. Fale sempre a verdade
  10. Cumpra sempre o combinado

O Sol e a Lua

Quando o Sol e a Lua se encontraram pela primeira vez, se apaixonaram perdidamente e a partir daí começaram a viver um grande amor.Acontece que o mundo ainda não existia e no dia que Deus resolveu criá-lo, deu-lhes então o toque final … o brilho !Ficou decidido também que o Sol iluminaria o dia e que a Lua iluminaria a noite, sendo assim, seriam obrigados a viverem separados.Abateu-se sobre eles uma grande tristeza quando tomaram conhecimento de que nunca mais se encontrariam. A Lua foi ficando cada vez mais amargurada, mesmo com o brilho que Deus havia lhe dado,ela foi se tornando solitária. O Sol por sua vez havia ganho um título de nobreza “ASTRO REI” , mas isso também não o fez feliz.Deus então chamou-os e explicou-lhes : – Vocês não devem ficar tristes, ambos agora já possuem um brilho próprio.Você Lua, iluminará as noites frias e quentes, encantará os enamorados e será diversas vezes motivo de poesias.Quanto a você Sol, sustentará esse título porque será o mais importante dos astros, iluminará a terra durante o dia, fornecerá calor para o ser humano e a sua simples presença fará as pessoas mais felizes.A Lua entristeceu-se muito com seu terrível destino e chorou dias a fio … já o Sol ao vê-la sofrer tanto, decidiu que não poderia deixar-se abater pois teria que dar-lhe forças e ajudá-la a aceitar o que havia sido decidido por Deus.No entanto sua preocupação era tão grande que resolveu fazer um pedido a Ele :- Senhor, ajude a Lua por favor, ela é mais frágil do que eu, não suportará a solidão… E Deus em sua imensa bondade criou então as estrelas para fazerem companhia a ela.Lua sempre que está muito triste recorre as estrelas que fazem de tudo para consolá-la, mas quase sempre não conseguem. Hoje eles vivem assim .. separados, o Sol finge que é feliz , a Lua não consegue esconder que é triste. O Sol ainda esquenta de paixão pela Lua e ela ainda vive na escuridão da saudade.Dizem que a ordem de Deus era que a Lua deveria ser sempre cheia e luminosa, mas ela não consegue isso … porque ela é mulher, e uma mulher tem fases. Quando feliz consegue ser cheia, mas quando infeliz é minguante e quando minguante nem sequer é possível ver o seu brilho.Lua e Sol seguem seu destino, ele solitário mas forte, ela acompanhada das estrelas, mas fraca. Humanos tentam a todo instante conquistá-la, como se isso fosse possível. Vez por outra alguns deles vão até ela e voltam sempre sozinhos, nenhum deles jamais conseguiu trazê-la até a terra, nenhum deles realmente conseguiu conquistá-la, por mais que achem que sim. Acontece que Deus decidiu que nenhum amor nesse mundo seria de todo impossível, nem mesmo o da Lua e do Sol … e foi aí então que ele criou o eclipse!Hoje o Sol e a Lua vivem da espera desse instante, desses raros momentos que lhes foram concedidos e que custam tanto a acontecer. Quando você olhar para o céu a partir de agora e ver que o Sol encobriu a Lua é porque ele deitou-se sobre ela e começaram a se amar e é ao ato desse amor que se deu o nome de eclipse. Importante lembrar que o brilho do êxtase deles é tão grande que aconselha-se não olhar para o céu nesse momento, seus olhos podem cegar de ver tanto amor
Bem, mas na terra também existe sol e lua … e portanto existe eclipse .. mas essa era a única parte da história que você já sabia, não era ?


Afinal quem são os deficientes

São somente aqueles que possuem determinadas deficiências, tipo auditiva, cegueira, mental, etc.?

Engana-se quem pensa assim, pois, quantas pessoas: possuem uma audição perfeita e não fazem questão de escutar o que seu próximo tem a lhe dizer. possuem uma visão extraordinária, mas não quer enxergar o que as pessoas têm a lhes mostrar. é mentalmente sã, mas agem com extrema deficiência.

Esses deficientes esquecem: que escutar palavras que invade nossa alma é tão sublime, que pode ser inesquecível, que a vida nos da a oportunidade de poder manifestar nossos sentimentos e emoções através de nossos olhares e para isso, temos que estar mentalmente aberto e deixemos que flua o que realmente nosso coração deseja expressar, portanto deixemos de ser DEFICIENTES por ignorância, e nos espelhamos naqueles em que Deus trouxe ao mundo para nos transmitir amor, paz e perseverança através de suas deficiências.


A fábula do beija-flor

Certo dia a mata estava pegando fogo, e um beija-flor começou a pegar água numa folha e jogar no fogo. Os outros animais disseram pra ele que ele estava ficando louco, pois sozinho não iria conseguir apagar todo aquele fogo. Ele respondeu que não conseguiria apagar o fogo sozinho, mas que estava fazendo sua parte.

Fazer nossa parte as vezes só não basta, precisamos convencer as pessoas que aquilo que estamos fazendo é certo. Que assim como um elo apenas não pode formar uma corrente, a união de um grupo em torno do mesmo objetivo é necessária para que esse algo possa ser feito.

Tomar como exemplo o João de Barro, assim como outras aves que mesmo sem ter mãos para carregar o necessário para a confecção de suas casas, vão em frente e fazem um lindo trabalho… É acreditar ser possível aquilo que parece impossível, é acreditar ter condições de ser feito, quando na maioria das vezes, parece não haver condições.

É fornecer a Deus ferramentas para que Ele possa nos ajudar, onde nossa força não nos permite. Dar-nos coragem onde fraquejamos. Conduzir-nos até nosso destino final.


Comente!